Início Educação Paraná Elimina Aulas Vagas em Escolas Públicas!

Paraná Elimina Aulas Vagas em Escolas Públicas!

52
Parana Elimina Aulas Vagas em Escolas Publicas

Iniciativa inovadora no Paraná, o Programa Parceiro na Escola, foi inaugurado neste ano através de uma colaboração entre o setor público e privado, junto ao governo paranaense. Este programa foi responsável por eliminar o problema das aulas vagas em escolas da rede estadual de ensino, incluindo os colégios Aníbal Khury, localizado em Curitiba, e o Anita Canet, situado em São José dos Pinhais.

A Tom Educação, empresa especializada em administração escolar que faz parte desse projeto, aponta que esse sucesso foi alcançado através de um meticuloso processo de seleção que envolveu uma grande quantidade de candidatos. Esse processo assegurou a contratação de professores efetivos e substitutos, preenchendo todas as necessidades de docência.

César Cunha, o CEO da Tom Educação, destaca que o programa tem como objetivo principal fornecer suporte aos educadores para que possam desempenhar suas funções com mais eficácia e recursos. Ele explica que ao assumir as responsabilidades administrativas e financeiras, o diretor pedagógico pode concentrar seus esforços nas atividades mais vitais e para as quais foi capacitado: potencializar o aprendizado dos alunos, o desenvolvimento dos professores e fortalecer o vínculo com as famílias.

De acordo com Cunha, essa abordagem promoveu significativas melhorias, tanto na qualidade do ensino quanto nos processos de aprendizagem nas instituições contempladas pelo programa.

Transformação das Escolas

As instituições de ensino beneficiadas pelo Programa Parceiro na Escola passaram por transformações abrangentes. O projeto foi além da parte pedagógica e também promoveu melhorias na infraestrutura física das escolas. Foi realizada uma revitalização completa, que englobou a pintura dos prédios e atividades de paisagismo, bem como investimentos para modernização dos laboratórios.

Em paralelo, a seleção de professores e tutores foi extremamente rigorosa, garantindo a alçada de educadores altamente qualificados. A intensificação de aulas de reforço, especialmente em disciplinas fundamentais como Português e Matemática, foi uma medida para superar os déficits de aprendizado trazidos pela pandemia. Além disso, houve investimentos na contratação de novos pedagogos, que têm como função assegurar um ensino de alta qualidade e buscar estratégias para aumentar a assiduidade escolar, aproximando os estudantes do ambiente educacional.

O CEO da Tom Educação relata que, após a implementação do projeto, a frequência dos estudantes melhorou consideravelmente. Qualquer um que tenha visitado as escolas antes e depois do programa pode atestar as mudanças visíveis não apenas no clima e no ambiente escolar, mas também nos indicadores de desempenho, como resultados em avaliações, frequência às aulas e inscrições em processos seletivos para o ensino superior.

Desafios da Educação Brasileira

Um estudo nacional conduzido pela Inteligência em Pesquisa e Consultoria Estratégica (Ipec), a pedido do Unicef, revelou dados alarmantes sobre a evasão escolar no país. No ano anterior, 11% dos brasileiros entre 11 e 19 anos estavam fora da escola, o que corresponde a aproximadamente 2 milhões de jovens. Muitos destes alunos abandonaram os estudos porque precisavam trabalhar, sendo esta a razão citada por quase metade dos entrevistados. Além disso, 30% mencionaram dificuldades de aprendizado como o motivo para deixar a escola, seguidos por questões como falta de transporte, gravidez, desafios relacionados a deficiências, problemas com racismo e outros fatores contribuintes para a desistência.

Incentivos Fiscais e Repasse Municipal

Em uma iniciativa separada, o estado do Paraná está oferecendo um desconto atrativo de 6% para os pagamentos à vista do IPVA para o ano de 2024. Esse incentivo está disponível até a sexta-feira da mesma semana em que foi anunciado.

Além disso, na mesma sexta-feira, os municípios paranaenses estão fisicamente agendados para receber uma considerável distribuição de mais de R$ 123 milhões por meio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Essas transferências financeiras são vitais para o desenvolvimento e manutenção de diversas áreas, incluindo a educação.

Voltar à Página Inicial

Categorias

Artigos relacionados

MEC propoe padronizacao de bancas de cotas em universidades

MEC propõe padronização de bancas de cotas em universidades.

Comissões de Heteroidentificação: Uma Abordagem para Ações Afirmativas nas Universidades O Ministério...

Resultado do exame de proficiencia de estrangeiros divulgado pelo Inep

Edital do 1º Enade das Licenciaturas é publicado pelo MEC

Novo Enade das Licenciaturas: Procedimentos, Regras e Cronograma O Ministério da Educação...

ProUni 2024 Expande Oportunidades em Direito e Medicina

Inscrições para o Prouni abrem amanhã!

Inscrições abertas para o Prouni do segundo semestre de 2024 O Programa...

Participe do Encceja PPL 2024 Inscricoes Abertas

Participe do Encceja PPL 2024: Inscrições Abertas!

Detalhes sobre o Encceja PPL 2024 Estão abertas a partir desta segunda-feira (22) as...