Início Educação Meta do Paraná: 374 Escolas com Integral até 2024

Meta do Paraná: 374 Escolas com Integral até 2024

40
Meta do Parana 374 Escolas com Integral ate 2024

Expansão do Ensino Integral no Paraná

O estado do Paraná está se preparando para uma ampla expansão do ensino integral. Com a meta estabelecida para 2024, espera-se que o número de escolas que oferecem esta modalidade de ensino cresça em 121 unidades. Esse crescimento significativo elevará o total de escolas com ensino integral para 374. Esse projeto de expansão traduz-se em uma alocação anual de recursos na ordem dos R$ 400 milhões. Comparando com o cenário atual, existem 253 escolas distribuídas por 154 municípios que possuem programas de ensino integral, destacando um progresso notável desde 2019 – com a presença de apenas 73 escolas oferecendo tal ensino.

Objetivos e Impactos da Educação Integral

A Secretaria da Educação do Paraná, em colaboração com o Governo do estado, visa ampliar consideravelmente o acesso à educação integral. A meta é que o atendimento suba de 55 mil para 100 mil estudantes, com a expectativa de ultrapassar as 400 escolas atuando nessa modalidade. Especialistas, como a professora Catarina de Almeida, salientam a relevância do ensino integral para o desenvolvimento integral dos alunos, onde o aprendizado vai além da mera transmissão de conhecimentos em sala de aula. A eficácia desse modelo depende de infraestrutura adequada nas instituições de ensino, incluindo bibliotecas, laboratórios científicos, quadras esportivas, entre outros espaços de aprendizagem que potenciem um projeto educacional abrangente e integral voltado ao desenvolvimento pleno dos estudantes.

Estrutura do Ensino Integral

Atualmente, em um panorama de ensino regular, os estudantes do ensino fundamental têm aulas que se estendem por 25 horas semanais, enquanto no ensino médio a carga é de 30 horas toda semana. Em contraste, no ensino integral, essa carga horária aumenta substancialmente para 45 horas por semana. As aulas nessa modalidade possuem duração de 50 minutos cada. Além disso, há períodos determinados para refeiçães e pausas – com uma hora reservada para o almoço e dois intervalos de quinze minutos, um pela manhã e outro à tarde.

Iniciativas Paralelas de Suporte ao Estudante

Atrelado à expansão do ensino integral, surgem iniciativas complementares que visam não somente a formação acadêmica dos alunos, mas também a sua integração e participação ativa na sociedade. Exemplos dessas iniciativas incluem programas como o Reclip, que tem um prazo definido para adesão, e o Nota Paraná, que incentiva a cidadania fiscal e promove sorteios mensais com prêmios significativos.

Voltar à Página Inicial

Categorias

Artigos relacionados

Supremo oferece novos cursos gratuitos de direito e cidadania

Supremo oferece novos cursos gratuitos de direito e cidadania.

Novo ciclo de cursos online gratuitos do STF O Supremo Tribunal Federal...

TCE Revela Desvio Milionario na Educacao Maranhense

Professores universitários preparam greve no Rio de Janeiro

Professores do Cefet-RJ aderem à greve nacional No Rio de Janeiro, os...

TCE Revela Desvio Milionario na Educacao Maranhense

Paralisação atinge 23 institutos federais em SP

Greve no Instituto Federal de São Paulo atinge 23 unidades Com o...

Escola Politecnica da UFRJ completa 150 anos e e eleita

Escola Politécnica da UFRJ completa 150 anos e é eleita patrimônio do Rio

A Escola Politécnica da UFRJ é declarada Patrimônio Histórico No mês em...